Skip to content

Adriano, o principal motivo do Flamengo ainda estar na briga pelo título.

novembro 16, 2009

imperador

O Flamengo estava desacreditado.

A chance de título brasileiro era nula no meio do campeonato.

O time não fazia gols.

Souza, Josiel, Diego Tardelli, Obina…

Eram inúmeros os atacantes que passaram em branco no clube.

Faltava alguem com presença de área.

Adriano.

Este nome poderá dar o título ao rubro-negro.

Em todo jogo Adriano é decisivo.

É uma dor de cabeça para os zagueiros.

Seu tamanho e força, são diferenciais.

Além disto, possui técnica.

Quando chegou a Gávea estava perdido no mundo.

Hoje joga com alegria.

Faz gols aos montes.

É o artilheiro do Brasileirão.

O próprio blog lhe dava como morto.

Adriano, assim como Ronaldo, mostrou que alegria vale mais do que dinheiro.

O Imperador está feliz.

Após 4 anos de depressão, tudo está melhor.

Agora os flamenguistas estão torcendo para que ele fique no clube,

Pois sabem que o título está próximo graças a ele…

Qualquer outro atacante não deixaria o Flamengo onde está hoje.

Todos já perceberam,

Adriano é o principal motivo do Flamengo ainda estar na briga pelo título.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. caiovedder permalink
    novembro 16, 2009 12:16 pm

    Realmente Adriano faz a diferenca, mas sem Petkovic o futebol do Flamengo cai muito de producao.

    PS: Estou na Irlanda, logo nao ha acentos no teclado. Sorry!

    ABS.
    CP.
    http://copeiros.wordpress.com

  2. Mini-Crítico permalink
    novembro 17, 2009 6:33 am

    De fato, Adriano vem sendo o craque do campeonato, mas uma ponderação se faz necessária. Ele é a flecha, faltava o arco. E o arco atende pelo nome de Dejan Petkovic.
    No primeiro turno, com o Imperador, mas sem o sérvio para lhe servir, o Flamengo naufragou. É bem verdade que esbarrou em uma série de outros fatores, como as longas ausências de Juan e Leo Moura, o gancho de Aírton, a má fase de Bruno, a lesão de Kléberson, a saída de Ibson, a efervescência política no clube…
    O fato é que só após a chegada do craque da camisa 43, acompanhado da dupla Álvaro e Maldonado, é que o time da Gávea se acertou. E que, mesmo após iniciar a heroica arrancada, foi só na única vez que jogou sem seu maestro – contra o Barueri – que o Flamengo conheceu a derrota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: