Skip to content

Palmeiras, o verdadeiro cavalo paraguaio

outubro 22, 2009

paraguay

O Palmeiras perdeu mais uma partida no Brasileiro.

Desta vez para o fraco Santo André…

Mais um jogo sem gols da equipe alvi-verde.

Mais um jogo que o Palmeiras não fez absolutamente nada.

O time é fraco.

Previsível.

Cruzou, no mínimo, umas 25 vezes no segundo tempo.

O time não criou nenhuma jogada.

Diego Souza desapareceu do jogo.

A zaga bateu cabeça em quase todos os lances.

Armero e Figueroa não fizeram jogadas descentes.

Edmilson mostrou que está pior do que já se pensava.

Souza não está suportando a pressão em campo.

Muricy mostra a mesma falta de inteligencia de quando treinava o São Paulo.

O treinador não fez nada.

Foi apático, mais uma vez.

Definitivamente o Palmeiras não é mais candidato ao título.

Longe disto, uma vaga na Libertadores será extraordinária para este ridículo time.

Time que não irá ganhar o campeonato.

Algo que o blog já falava desde quando o time vencia no campeonato.

Desde o fim do 1o turno, quando o Palmeiras estava ”sobrando” em campo.

Depois de 17 rodadas na liderança, o blog afirma que o Palmeiras irá perder a liderança na próxima rodada já.

O time ”pipocou”, como se diz na gíria dos boleiros.

Portanto fica claro para todos…

Neste campeonato Brasileiro, o Palmeiras é o verdadeiro cavalo paraguaio!

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. caiovedder permalink
    outubro 22, 2009 10:24 am

    Quero te fazer uma proposta:
    Se o verde for campeão vc me paga uma rodada de breja, e vice-versa.
    Quero muito calar esse seu pessimismo.

    Se não cerveja, um Outback! Que tal?
    http://copeiros.wordpress.com

  2. Mini-Crítico permalink
    outubro 27, 2009 7:15 pm

    O pessimismo faz parte, mas a questão é que o elenco verde nunca foi forte e sempre esteve à mercê da sorte. Uma série de lesões, suspensões ou convocações poderia expor essa fragilidade, como de fato expôs.

    Estrategicamente, o Atlético-MG acertou e o Palmeiras errou. Enquanto o Galo usou seus recursos pra rechear seu elenco com jogadores medianos ou experientes (exceção feita a Correa), o Alviverde resolveu trazer um único jogador. Um medalhão de talento inquestionável, mas de eficácia questionável, especialmente em uma época em que diversos jogadores cobravam valorização maior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: